Ximena Sariñana prepara cd bilingüe

Ximena Sariñana reencontrou Miguel Bosé na Espanha para gravar um especial de Natal, antes de seguir escrevendo as faixas do novo cd que está preparando, ela adiantou que será conceitual e mistura inglês e espanhol.

“Qualquer desculpa é boa para vir a Espanha, ainda mais se Miguel é o anfitrião”, aponta Sariñana, que confirmou a Efe que acabam de gravar um tema para o especial de Natal que Bosé está preparando para TVE con os duetos do disco Papitwo.

Uma colaboração que, afirma, foi muito “positiva” para sua carreira, apesar de ser muito conhecida em sua terra natal, e de lsurgiu uma relação “próxima” e de amizade que “seguro” levará a futuros projetos conjuntos.

Além de ter permitido fortalecer sua presença na Espanha, onde admite ainda ser “desconhecida” para o grande público. “Mesmo o que saibam de mim já é bom”, completa.

Com 27 anos recém completados e dois cds lançados, a cantora já pode se orgulhar de ser indicada ao Grammy e ao Grammy Latino.

O último deles, Ximena Sariñana, publicado em 2011, foi uma mudança radical em sua música,  o que define como um “experimento”. Por um lado pelo idioma, quase totalmente em inglês e pelo estilo, passando de balada a um som mais rítmico e eletrônico.

Assegura que alcançou o objetivo de se lançar no mercado americano, se apresentando na Inglaterra, Alemanha, França e até Japão.

Isso a permitiu adquirir “uma visão mais ampla” da industria musical que quer mostrar no próximo disco.

“Estou compondo para um disco novo que será conceitual, tenho muita vontade de colocar nele o que aprendi nos meus trabalhos anteriores”, explica a cantora.

Não há nada definido além de que será “bilingüe” e quer ter “um par de participações” com uma condição, que sejam “amigos”.

Para ela existe uma “conexão” entre os diferentes idiomas e mercados, resultado da globalização, que o torna muito “interessante” de explorar.

Sua decisão de cantar em inglês nunca foi uma renuncia as suas orígens ja que, garante, não gostaría de “deixar de lado o espanhol nem seus artistas”.

Ximena não acredita que exista um estilo que “garanta” o  sucesso, ela prefere falar de “proposta” pessoal, de oferecer algo que te diferencie dos demais. “Olha a Adele, chegou com algo novo que rompia com tudo, e triunfou”, acrecentou.

Sariñana se dedica a música desde os oito anos, tempo suficiente para adquirir “muita experiencia”, o que não a faz passar por arrogante, já que acredita que falta “muito para aprender”.

Comentários