VII Festival Ibero-Americano de Teatro de São Paulo

logo

Também estão programadas oficinas, palestras e debates. Conheça a programação completa do Festibero!

Ao todo, serão 15 espetáculos. Além do Brasil, Seis países são representados: Portugal (Aos Nossos Filhos, com Maria de Medeiros e Laura Castro), Espanha (Decameron, de Cándido Pazó), Argentina (Como Arenas Entre Lãs Manos, com Ana María Cores), Bolívia (Y Si Te Canto Canciones de Amor, com a Cia. Tucura Cunumi),  Paraguai (Emiliano, com Fábio Chamorro) e México (A Vivir,  de Odin Dupeyron).

As obras brasileiras programadas são: Azul Resplendor (com Eva Wilma), Genet: o Poeta Ladrão (direção Sérgio Ferrara), Dentro é o Lugar Longe (com a Trupe Sinhá Zózima), Polvos Poéticos (com o Grupo Sensus), Marias da Luz (com As Graças), Cabeça de Papelão (com a Cia. da Revista), Borandá (com Fraternal Cia. de Arte e Malas-Artes), O Fiscal Federal (com Teatro Experimental do Sesc do Amazonas) e Relampião(com a Cia. do Miolo e Cia. Paulicéia).

As peças ocorrerão sempre a partir das 17h, entre 22 e 27 de abril. Os cerca de 9.000 ingressos serão distribuídos nos dias das respectivas peças a partir das 14h.

O Memorial da América Latina fica na av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, na Barra Funda, em São Paulo.

Comentários