Lena Burke abre shows de Joss Stone no Brasil

Depois de passar por São Paulo, a turnê segue, hoje 13 de março em Brasilia e dia 15 em Recife.

Descendente de dois mitos da música cubana (Elena e Malena Burke), Lena gravou suas primeiras notas musicais aos dois anos e meio. Aos cinco, já tinha aulas de guitarra com seu pai, Rey Nerio, importante artista da ilha caribenha. Agora, a cantora de 37 anos será a responsável por aquecer o público antes das apresentações de Joss Stone, mostrando sua mistura caribenha sempre bem dosada pelo piano, instrumento que domina.

Com duas indicações ao Grammy Latino de 2006, como Revelação do Ano e Gravação do Ano, com “Tu Corazón”, Lena Burke é apadrinhada por Alejandro Sanz e gravou uma canção para a trilha sonora do filme independente “La Mala”, de 2008, no qual também interpretou La Lupe, outra lendária artista de seu país.

Cantores latinos como Chayanne, Plácido Domingo, Jennifer Lopez e Alejandro Sanz abriram as portas dos palcos para Lena, que atuou como backing vocal nos shows de cada um deles no início dos anos 2000. Mas foi Alejandro o padrinho da cubana, que ela descreve em sua página como “responsável por tornar seu primeiro álbum realidade.” Sanz a apresentou à gravadora com a qual trabalhava, a Warner Music Latina, em 2003.

Foram necessários dois anos de gravações e produção até o lançamento do álbum Lena, em 2005, com 12 faixas escritas e cantadas por ela. O disco é a melhor fonte disponível para conhecer seu trabalho. Depois dele, Lena participou de Alex, Jorge e Lena, lançado em 2010. Este último, o mais recente da cantora, é fruto da parceria com os cantores espanhóis Álex Ubago e Jorge Villamizar, com quem Lena ainda faz shows eventuais.

Comentários