O seu portal de música latina

Lali Espósito, da Argentina para o mundo

A atriz e cantora Lali Espósito tem mostrado cada vez mais que veio para ficar. Com suas boas músicas e produções, a cantora tem conquistado um público cada vez maior e expandido sua carreira. A cantora argentina está cada vez mais forte em toda América Latina e até mesmo nos EUA.

Em sua carreira solo, já vendeu mais de 600.000 álbuns e suas músicas foram tocadas mais de 60 milhões de vezes nas plataformas de streaming. No Youtube, mais sucesso. Seus videoclipes alcançam facilmente milhões de visualizações, tornando-se até mesmo tendencia na plataforma.

O sucesso não se trata apenas de boas músicas, vem da identificação com o público e muita dedicação. As mulheres estão finalmente ganhando um espaço notável na música e trazendo um público novo e forte Lali é uma das maiores representantes da música urbana atualmente, expandindo sua cultura argentina para o mundo.

A artista inciou sua carreira aos 11 anos na televisão, é importante ver todo o seu crescimento e como ela se dedicou para chegar onde está. E tem muito mais vindo aí. Seu trabalho tem chamado a atenção de outros artistas do meio para possíveis feats. Como sabemos bem, as colaborações latinas bombam no mundo todo e impulsionam carreiras.

Inclusive, ao que tudo indica, o aguardado feat entre Lali, Thalía e Natti Natasha acontecerá em breve. Tommy Mottola, empresário e marido de Thalía garantiu que será uma grande surpresa para os fãs.

Girl power

A força e união feminina na música latina é algo admirável. Cada vez mais vemos mulheres apoiando e encorajando outras mulheres em sua caminhada. Recentemente houve um evento em Las Vegas que contou com as jovens representantes do “Gênero Urbano” para dar um debate sobre o papel das mulheres na indústria da música latino-americana. Na ocasião, Lali, Karol G, Anitta e Becky G estavam.

“O poder das mulheres sempre veio de nós e depois mudou-se para eventos artísticos e as pessoas começaram a aprender uma nova maneira de fazer música. Em muitos casos, o machismo não era mal, mas um costume que deve mudar”, disse Lali.

De fato, essa mudança no cenário musical traz um espaço importante para novos artistas mostrarem o seu trabalho. 2019 tem sido um ano bom para Lali e ainda tem muito mais para acontecer. E já que ela é a queridinha da América Latina, seria bom um show no Brasil, né?

Comentários
    Fechar Menu