Il Volo lança álbum em espanhol

Depois de mostrar ao mundo suas grandes vozes e seu particular estilo de combinar ópera e pop, o trío italiano Il Volo debuta no mercado latino com o disco em espanhol Más que amor, para o qual contaram com as participações do tenor espanhol Placido Domingo, o cantor italiano Eros Ramazzotti e a estrela pop mexicana Belinda.

Em uma entrevista telefônica de Roma, Piero Barone, integrante do trio, disse que este, seu segundo álbum, que sairá ao mercado em 9 de abril, é o mais importante do grupo, não só pelo arduo trabalho e dedicação que tiveram, mas porque significa que Il Volo tem novas coisas que mostrar.

“O primeiro álbum foi muito importante para nós, mas este novo disco é ianda mais porque o primeiro era para que o público nos conhecesse e para mostrar o que podíamos fazer ao misturar a ópera e o pop, neste novo trabalho incluimos novas canções, fizemos algumas regravações e duetos com importantes artistas”, disse o tenor de 19 anos.

A primeira música de trabalho de Más que amor, é a versão em espanhol do álbum We are Love que foi lançado em novembro passado, é Constantemente mía, um tema que gravaram com Belinda.

“É uma pessoa encantadora e talentosa. Ficamos muito contentes com o resultado dessa gravação porque ela tem uma grande voz que se complementou muito bem com as nossas”, disse o cantor sobre a estrela mexicana, destacando também a experiencia de poder trabalhar junto a artistas de nome como Domingo e Ramazzotti, que sempre os admirou.

“Foi emocionante já que sempre se preocuparam por nos ensinar, como ser profissionais, a fazer as coisas melhor e como seguir sempre adiante, que é o mais importante para um artista”, concluiu.

O cantor afirmou que tanto para ele como para seus companheiros, Ignazio Boschetto e Gianluca Ginoble, foi muito gratificante ter gravado essas faixas em espanhol, e que dizem ter conseguido imprimir um estilo mais emocional.

“Estamos muito emocionados de poder interpretar estes temas em espanhol. Em breve estaremos começando um tour pela América Latina e será muito grato poder cantar ao público em seu proprio idioma”, disse o jovem cantor.

Por outra parte, destacou o reconhecimiento que obtiveram desde que lançaram a primeira produção em 2010, quando muitos os comparavam com outros artistas que já combinavam temas líricos com música popular.

“Creio que agora Il Volo é reconhecido pelo que é. Quando começamos as pessoas diziam que éramos a versão jovem do Il Divo, mas pudemos demonstrar que somos diferentes e que temos nosso proprio estilo”, afirmou.

Este disco, produzido por Humberto Gatica e Tony Renis e gravado em Los Angeles e em Roma, inclui os temas Más que amor, L’Ultima Volta, Historia de un amor, Bienvenido nuestro amor, Así, Beautiful Day(U2), Luna escondida (Love Theme From The Movie Hidden Moon), Il Canto, Espléndida, Nuestro Amor(versión de I Don’t Want To Miss A Thing de Aerosmith) e Constantemente mía, junto com Belinda.

O trío começa em março uma turnê por diferentes países latinoamericanos e espera iniciar a passagem pelos Estados Unidos em setembro.

Fonte: AP

Comentários