5º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, de 12 a 18 de julho

O Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo chega à sua 5ª edição consolidado como um dos principais eventos do cenário cultural da cidade. Fruto de uma iniciativa do Memorial da América Latina, o Festlatino presenteia a cinefilia, todo mês de julho, com debates, oficinas, aulas e, claro, muitos filmes da recente e da histórica cinematografia latino-americana.

Os amantes de cinema – cerca de 16 mil por edição – assistiram, nestes quatro anos, mais de 400 filmes, entre longas, médias e curtas, divididos em panoramas que contemplaram autores consagrados, como Tomás Gutiérrez Alea, Miguel Littin, Arturo Ripstein e Jorge Sanjínes; premiados diretores contemporâneos como Carlos Sorín, Andrés Wood, Pablo Trapero, Karim Aïnouz e Lucrecia Martel; além de alunos-cineastas de escolas audiovisuais espalhadas pela América Latina.

Na programação deste ano estão previstas exibições de longas recentes de mais de 15 países, em grande parte inéditos no país; uma retrospectiva com sucessos de público e crítica desta década;  competição de curtas-metragens produzidos em escolas de cinema e um programa comemorativo do Bicentenário da Independência da Argentina, Chile, Colômbia, México e Venezuela; além de debates, palestras e uma série de oficinas ministradas por profissionais do Brasil e do exterior.

Fonte: Memorial da América Latina

Comentários