7 álbuns lançados em 2018 que você precisa ouvir de novo

2018 está chegando ao fim sendo marcado como o ano de grande destaque de artistas latinos no mundo da música. A cultura presente nas músicas foi impulsionada para o mundo inteiro através de artistas que trabalharam muito para lançar faixas que envolvessem o público.

Foram vários singles lançados, muitas parcerias legais e álbuns bem produzidos. Alguns artistas latinos conseguiram destacar-se até mesmo entre os melhores em panoramas gerais de música. Um sucesso!

Por isso, o Latinidade separou para vocês 7 álbuns lançados esse ano que valem a pena ouvir novamente. Olha só:

Maluma – FAME
O colombiano Maluma trouxe um álbum com sua identidade bem exposta. Faixas com grande possibilidade de se tornarem hits, com batidas que mesclam a forte influencia latina do reggaeton com o pop. O interessante também, é a forma como o cantor inseriu o rap em seu novo trabalho. É um trabalho com forte apelo internacional, com parcerias como Timbaland, Sid, Jason Derulo e até mesmo o brasileiro Nego do Borel. Os destaques são as faixas: “El Prestamo”, “Felices Los 4” e “Corazón”.

 Rosalía – “El Mal Querer”

Rosália veio com tudo em 2018! A espanhola lançou um trabalho muito bom no álbum “El Mal Querer”, recebendo fortes elogios da crítica especializada. A mistura dos elementos típicos do flamenco com batidas eletrônicas bem atuais, faz de suas produções algo imperdível. Com seu álbum, a cantora conseguiu levar a música espanhola para a cultura global. Os destaques são as faixas: “Malamente”, “Pienso em Tu Mirá” e “Di Mi Nombre”.

Ozuna – “Aura”

Ozuna lançou seu segundo álbum este ano e mostrou todo o seu potencial em “Aura”. Apesar do hitmaker ter colaborações de grandes nomes do reggaeton em seu álbum, como J Balvin e Nicky Jam, uma forte característica de seu álbum é conter músicas mais melódicas. Seu trabalho passa por músicas bem dançantes, músicas sobre amor em uma voz gostosa de ouvir. Em seu álbum também há parceria com o cantor Akon e Cardi B, que teve grande destaque em 2018, o álbum só poderia ser um sucesso! Os destaques são as faixas: “Vaina Loca”, “Ibiza” e “Me Dijeron”.

J Balvin – “Vibras”

Sem dúvidas, 2018 foi o ano de J Balvin. O artista liderou paradas mundiais com seus lançamentos e bombou nas plataformas de streaming. O colombiano é atualmente o sétimo artista mais escutado no Spotify, com mais de 41 milhões de ouvintes mensais. Em “Vibras”, J Balvin mostrou ao mundo um trabalho de qualidade e muito envolvente. A cada faixa o ouvinte se prende as batidas de reggaeton mescladas com música eletrônica. O cantor só lançou hits durante este ano e o seu álbum mostra claramente sua capacidade de lançar músicas boas e com potencial, todas as faixas podem facilmente virar single. Os destaques são as faixas: “No Es Justo”, “Ambiente” e “Ahora”.

 

 Piso 21 – “Ubuntu”

Em “Ubuntu”, o grupo Piso 21 traz um álbum eclético. Nada como ouvir músicas que podem fazer parte de diversas situações de sua vida, né! O trabalho conta com músicas para dançar, mas também umas faixas com letras sobre amor e esperança. Os destaques são as faixas: “La Vida Sin Ti”, “Déjala que Vuelva” e “Besándote”.

CNCO – “CNCO”

A boyband supertalentosa CNCO trouxe um trabalho muito bom em seu segundo álbum. Mesmo mantendo a essência de um grupo de jovens que fazem músicas para pessoas com sua faixa etária, suas ótimas harmonias e batidas podem facilmente atingir outro público. O álbum autointitulado traz boas músicas sobre amor em batidas dançantes que mesclam pop, r&b e reggaeton. O grande sucesso do hit “Reggaeton Lento”, que contou com uma versão remix com o grupo britânico Little Mix, fez com que o mundo se interessasse pelo trabalho feito pelos cinco garotos. Os destaques são as faixas: “Se Vuelve Loca”, “Solo Yo” e “Mamita”.

Morat – “Balas Perdidas”

Que tal músicas mais calminhas e românticas? Também tivemos um ótimo lançamento este ano! A banda Morat trouxe em “Balas Perdidas” todos os seus sentimentos em forma de música, algo que resultou em um trabalho belíssimo. O grupo conseguiu vencer todos os desafios em transformar amor em música e trouxeram algo muito bom aos público. Os destaques são as faixas: “Besos Em Guerra”, “Cuando Nadie Ve” e “Otras Se Pierden”.

Comentários