2018 foi o ano da música latina

2017 trouxe grande força no crescimento do ritmo latino com o hit “Despacito”. A parceria de Luis Fonsi com Justin Bieber foi um estouro mundial, algo que tomou proporções inimagináveis. Depois disso, Fonsi colaborou com a americana Demi Lovato em “Echame La Culpa”. Apesar e todo o sucesso, não podemos negar que as parcerias deram um empurrãozinho no processo de levar a cultura latina para o mundo.

Em 2018, já temos um novo cenário, e ainda mais poderoso. O reggaeton cresceu a ponto dos cantores americanos adaptarem suas melodias de música pop a algo mais dançante, unificando as culturas e gerando uma visibilidade geral. Não foi preciso de ajuda de um grande nome da música para a música latina bombar nas paradas, pois os próprios cantores latinos se tornaram as parcerias disputadas.

J Balvin foi, sem dúvidas, o grande destaque do ano. O colombiano lançou álbum, fez parte de grandes colaborações do ano e só lançou hit. A aceitação do público foi tão alta a ponto do cantor tornar-se o sétimo artista mais escutado na plataforma de streaming Spotify, com mais de 41 milhões de ouvintes. Durante o ano de 2018, J Balvin chegou a tornar-se o artista mais escutado na plataforma, ultrapassando o rapper Drake.

A barreira idiomática se quebrou e agora o público está mais aberto a novos sons, idiomas, culturas e ritmos. Dos artistas mais jovens aos que possuem anos de carreira, todo mundo conseguiu bons resultados em 2018. Assim como Shakira permanece lotando estádios por onde passa, a jovem Becky G alcançou a marca de 1 bilhao de views no videoclipe de “Sin Pijama” em apenas 6 meses!

Também não podemos deixar de citar a forma como a carreira internacional de Anitta decolou neste ano. Investindo ainda mais em uma sonoridade pop com reggaeton, a brasileira conseguiu dar grandes passos. Seus singles e parcerias lançadas tiveram uma ótima recepção do público e chamaram a atenção de grandes nomes da música, aparentemente até com a cantora Madonna a carioca gravou. A cantora foi a terceira mais ouvida no Brasil através do Spotify e entre as músicas mais escutadas, duas foram dela. Sendo “Vai Malandra”, parceria com Mc Zaac, Maejor, Tropkillaz, DJ Yuri Martins a segunda e “Ao Vivo E A Cores”, de Matheus & Kauan, em terceiro lugar.

Segundo os dados disponibilizados pelo estudo anual realizado pelo Spotify, duas playlists de temática latina estão entre as cinco mais acessadas em 2018: Viva Latino!,  em terceiro lugar, e Baila Reggaetón, em quarto. Um sucesso!

A força na propagação de novos artistas através das mídias sociais também foi grande aliado nesse processo. É importante para o cenário da música essa renovação e mais espaço para novos artistas, ainda mais estrangeiros. E para 2019, um novo desafio> mostrar ao mundo que a cultura latina não se resume a apenas o reggaeton.

Comentários